Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

No início de um blogue impõe-se que o autor se apresente. Oras, sou baixo e gordo, apesar de alto e magro. Tenho ódio aos blogues, mas maior ódio ainda aos comentadores anónimos que, derivado (sic) a factos da vida que apenas interessam à Teresa Guilherme, tratam de desancar no desgraçado do blogger que apenas escreve – à borla! –, julgando haver quem o leia. Posso adiantar que choraminguei a morte do Michael Jackson e que tenho um fraquinho pelo Dr. Gregory House. Mantenho uma senhora eslava com pronúncia carregada na cave do meu apartamento com vista para o Sol, hábito que ganhei derivado (sic – posso escrever «dirivado», como algumas senhoras dizem?) à companhia do senhor Villalobos – um tipo que acha que mete medo ao Francisco Louçã. Não, não vou aceitar comentários neste blogue porque à conta dos comentários que recebi nos últimos dois anos já tenho mais marcas nos pulsos que um poser emo pré-adolescente. O preclaro leitor tem à sua disposição uma inovação extraordinária – o correio electrónico – ali na barra da direita, bastando clicar no meu nome. Claro que, e penso que nem é preciso dizer isto, quem não fizer uma ligação para este blogue evidenciando as minhas qualidades enquanto escriba ou, pelo menos, a minha extraordinária boa forma física, levará pontapés de força nas canelas. E agora, passar bem, que eu não tenho nada para fazer.



# Tiago Moreira Ramalho às 09:00 | | comentar

autoria
Tiago Moreira Ramalho

twitter
arquivo do blogue

Fevereiro 2013

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

subscrever feeds

 FeedBurner