Sábado, 30 de Janeiro de 2010
1. Ser banqueiro não é uma actividade ilícita. É uma actividade como qualquer outra, independentemente daquilo que os brainwashers profissionais costumam apregoar. É por isto que a taxa sobre bónus dos banqueiros é um disparate. É um disparate porque traz uma discriminação que não se compreende. Se é um problema de receita e se o propósito é aumentá-la através das empresas, devia ter havido um aumento do IRC. O Estado não tem de penalizar actividades conforme a conveniência.
 
2. As justificações, claro, foram absurdas. Aprovar esta medida com base no que se fez no estrangeiro é pura falácia. Mas isso Ricardo Reis, no i, explica melhor.


# Tiago Moreira Ramalho às 14:10 | | comentar

autoria
Tiago Moreira Ramalho

twitter
arquivo do blogue

Fevereiro 2013

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

subscrever feeds

 FeedBurner