Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

O Paulo Marcelo está enganado. É que a verdade é que muitas lésbicas tiveram (e têm) filhos, dado que, e penso não necessitar ir mais longe na descrição, a sua função no acto sexual é, as mais das vezes, tirando algumas senhoras mais fogosas, um pedaço passiva.
O que o Paulo deveria contestar naquele cartaz tão catita, que catita, muito anos noventa, eram duas coisas fundamentais: o facto de ser direccionado a crianças pequenas, o que me parece um pedaço infeliz, ainda para mais quando há tantos adultos a necessitar de explicações sobre a matéria, e o facto de ali no canto inferior direito estar o «apoio» da Câmara Municipal de Lisboa, que o alcaide Costa deve confundir com a concelhia do Partido Socialista. Não é bem a mesma coisa. Os partidos podem gastar o dinheiro que quiserem em cartazes mais ou menos bem feitos, já as estruturas de poder (local, regional ou nacional) não convém muito, não vá a gente começar a desconfiar que quem ocupa os cargos se serve dos dinheiros públicos indevidamente. E isso seria uma chatice tremenda.



# Tiago Moreira Ramalho às 12:21 | | comentar

autoria
Tiago Moreira Ramalho

twitter
arquivo do blogue

Fevereiro 2013

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

subscrever feeds

 FeedBurner