Sexta-feira, 8 de Julho de 2011

Já gastei oitenta euros na farmácia esta semana. A doença é só uma, mas ramifica-se além do compreensível pela mente humana. Avança, sem recuos, e espalha-se e domina tudo o que encontra até chegar ao exterior que acaba a destruir ou negligenciar sem qualquer pudor. Uma ida ao cinema, umas revistas estrangeiras, seis livros e dois filmes compõem o plano de recuperação definido. Por quem, não sei, nem me interessa. Viver mata. Fugir da vida faz-nos esquecer o elementar facto.



# Tiago Moreira Ramalho às 20:26 | | comentar

autoria
Tiago Moreira Ramalho

twitter
arquivo do blogue

Fevereiro 2013

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

subscrever feeds

 FeedBurner